7 dias, 7 propostas pelo pianista Hugo Oliveira

1.Humor
Um Português e Um Brasileiro Entram num Bar...
Ricardo Araújo Pereira e o Gregório Duvivier
Aula Magna da Reitoria de Lisboa, 21 horas
Domingo, 28 de novembro

Começar ou acabar a semana a rir é uma questão de perspetiva. Mas é sempre bom, pois dizem que rir é o melhor remédio para tudo. Recebi há uns dias o convite para a estreia do espetáculo Um Português e Um Brasileiro Entram num Bar... Assisti e adorei, não só pelo humor que esteve sempre presente, mas também pelas formas de conhecimento a que ali tive acesso. Na verdade, foi um espetáculo que me despertou para muitas questões da língua portuguesa falada quer por portugueses quer por brasileiros. Ter no mesmo palco o Ricardo Araújo Pereira e o Gregório Duvivier é ter juntos dois dos humoristas que mais aprecio e que me transportam até aos sketches do Gato Fedorento e da Porta dos Fundos.
Assim sendo, para quem tenha oportunidade de assistir ao espetáculo de Gregório Duvivier e Ricardo Araújo Pereira, já sabe que tem tudo para correr bem!


2. Bicicleta
Carbono Zero
Zona Ribeirinha de Lisboa
12 quilómetros
Segunda, 29 de Novembro

Contribuir para diminuir a pegada de carbono no planeta não é uma moda mas sim uma responsabilidade de todos nós. Durante esta pandemia, comprei uma bicicleta e iniciei uma nova forma de efetuar trajetos relativamente pequenos dentro da cidade. Fiquei espantado com o gosto que tenho ganho por esta nova forma de me deslocar. Hoje em dia, é raro o dia em que de minha casa até um dos meus locais de trabalho não vou de mãos no guiador e a observar a beleza da nossa zona ribeirinha. São 12 quilómetros para cada um dos lados começando em Santos e pedalar até à Expo, sempre junto ao rio. Tem sido tão bom deixar que o Tejo me inspire. Durante o caminho, há muito tempo para pensar sobre as coisas. É uma espécie de meditação aliada ao desporto. Desligar o motor e ativar as ideias. É mesmo de experimentar, sem desculpas - o corpo, a mente e o ambiente agradecem.


3. Galeria
Underdogs Gallery
Arquivo - Exposição Coletiva
Rua Fernando Palha, Armazém 56
Entrada livre
Aberta das 14h00 às 19h00
Terça, 30 de Novembro

Sou um visitante assíduo da Underdogs. Há uns tempos comprei um livro com as obras dos artistas com quem a galeria desenvolveu ou promoveu um trabalho artístico e fiquei espantado pelo facto de em dez anos serem cerca de 180. Desde aí, sempre que posso, gosto de ir ver as exposições. Neste dia podem visitar a exposição coletiva Arquivo pois oferece um vislumbre sobre o trabalho desta plataforma nos últimos dez anos e uma perspetiva vasta da sua evolução pioneira. É também uma demonstração da sua dedicação na busca de qualidade e talento na arte contemporânea. Outra exposição na Underdogs, é Looking for Rita, de Pedrita Studio, que utiliza Rita Hayworth como a principal fonte de inspiração, explorando a manipulação da imagem e a fabricação de personagens intimamente ligadas à metamorfose de grandes ícones de Hollywood. Após a visita à Underdogs aproveito para sugerir nesta véspera de feriado um jantar que poderá terminar mais tardiamente e num local em que adoro alguns dos pratos da ementa. É o Praia no Parque, em pleno Parque Eduardo VII. Ultimamente tenho um prato favorito que é a picanha com salada de papaia e, como sou louco por doces, termino sempre com uma mousse de chocolate com flor de sal e cookies. Mas qualquer escolha da ementa é em linha com as melhores expectativas de quem adora uma boa refeição.

4. Comer
Lisboa É Linda
Mercado da Ribeira
Lisboa
Quarta, 1 de dezembro


É feriado, e como as previsões são de um dia soalheiro, será ótimo para sair de casa a pé. Gosto muito de desfrutar de ruas menos agitadas e sentir que há menos pressão de horários. Sugiro ir até ao restaurante Lisboa É Linda, situado junto ao Mercado da Ribeira. É um local muito cuidado, mas descomprometido, com um ótimo arroz de perdiz e em que salta à vista a arte de bem receber do Sr. Fernando. Sempre que entro neste espaço, sinto-me sempre bem-vindo.
Depois de um almoço demorado, e sendo uma época natalícia, é uma boa oportunidade para queimar algumas calorias e após o cair do sol desfrutar das iluminações de Natal pela cidade.

5. Roda-Gigante
Wonderland Lisboa
Parque Eduardo VII
Lisboa
Quinta, 2 de Dezembro

Todos temos uma criança dentro de nós. O Wonderland em Lisboa é um espaço perfeito para adultos e crianças se divertirem. Depois de ano e meio sem espetáculos, concertos e eventos, vai ser o meu programa desta semana. Andar na roda-gigante e patinar no gelo já fazem parte dos meus planos.


6. Bailado
Alice no País das Maravilhas
Companhia Nacional de Bailado
Ensaio Geral Solidário Teatro Camões, 19h30
Sexta, 3 de Dezembro


Tenho um carinho muito especial pela Companhia Nacional de Bailado (CNB), pois faz parte do meu percurso profissional: ainda hoje sou pianista convidado da CNB, e são muitas as manhãs que passo neste local a tocar para as aulas de aquecimento dos bailarinos. Tendo este trabalho diário, faço questão de ver todos os espetáculos da temporada que passam pelo Teatro Camões, junto à Expo.
E porque não aliar a solidariedade à arte? Através de um donativo a partir de 12 euros, temos direito a um convite para assistir ao ensaio geral solidário de Alice no País das Maravilhas, com a Orquestra Sinfónica Portuguesa. O ensaio geral solidário tem sido uma prática corrente e é uma iniciativa da CNB, iniciada em 2011 por Luís Moreira, ex-bailarino da companhia. Este tinha por objetivo ligar a cultura à sociedade e mobilizar a sociedade civil em torno de causas sociais. Os resultados obtidos nesta iniciativa têm sido fantásticos. Portanto, a não perder... e é para toda a família - a partir dos 6 anos.


7. Casa
Spotify, amigos, comida @home!
Ouvir no Spotify: HUGOOLIVEIRA
Sábado, 4 de Dezembro


Quem me conhece sabe que estar com amigos e tocar piano é algo que faz parte da minha vida. A música leva-me a outras dimensões. Adoro tocar para os meus amigos enquanto abro as portas de minha casa. Neste sábado, porque não aproveitar o frio que faz lá fora, preparar algo e convidar aqueles que já não vemos há muito tempo para jantar? Não gosto de cozinhar ... aliás, não sei cozinhar, mas não tem questão, pois há plataformas que nos ajudam. Portanto não é obrigatório ser um chef para ter um grupo de amigos em casa, muito menos ser pianista. Um ambiente acolhedor, uma boa comida, um bom vinho e uma lista de Spotify resolvem. Nestas ocasiões nunca me escapo de tocar no meu piano. Para quem tiver curiosidade, podem encontrar-me com os meus originais no Spotify em hugooliveira. Até eu por vezes dou comigo a ouvir os meus próprios temas, a "degustá-los" e às vezes penso como é que quatro minutos de música demoram tanto a fazer. Enfim ! Boa semana e aproveitem algumas "dicas".

Sugestões por Hugo Oliveira, pianista e compositor

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG