120 espetáculos na nova temporada da Gulbenkian Música

Concertos sinfónicos e encenados, espetáculos de ópera, cinema com música ao vivo, recitais e música de câmara vão animar a nova temporada de música da Gulbenkian.

A Gulbenkian Música está de regresso para uma nova temporada com mais de 120 espetáculos entre 2022 e 2023. Num ano em que a Orquestra Gulbenkian comemora seis décadas de existência, apresentam-se concertos sinfónicos e encenados, espetáculos de ópera, cinema com música ao vivo, recitais e música de câmara, com alguns dos maiores intérpretes atuais em estreia no palco do Grande Auditório.

O piano estará em destaque durante esta temporada, com atuações de nomes como Grigory Sokolov, Daniil Trifonov, Alexandra Dovgan, Víkingur Ólafsson, Leif Ove Andsnes e Alexandre Kantorow. Também o "Festival Pianomania" fará subir ao palco os pianistas Arcadi Volodos, Gabriela Montero, Denis Kozhukhin, Nelson Goerner e Andreï Korobeinikov.

No ciclo de "Ópera e Cinema" destacam-se, entre outros espetáculos, um concerto para os fãs de Star Wars com a Orquestra Gulbenkian, dirigida por Ludwig Wicki, que vai interpretar ao vivo a banda sonora que John Williams compôs para O Regresso de Jedi.

"Grandes Intérpretes", "Música Antiga", "Centenário Xenakis", "Coro e Orquestra Gulbenkian" e "Canções ibéricas" são outros dos grandes ciclos de música com espetáculos singulares no palco do Grande Auditório da Gulbekian.

Já entre 28 de março e 1 de abril, a Gulbenkian Música vai associar-se às celebrações do Noruz - o primeiro dia do ano para os povos do Médio Oriente, Ásia Central e Cáucaso e que assinala o Equinócio da Primavera -, apresentando músicas com intérpretes do Afeganistão, Cazaquistão, Iraque, Curdistão e Uzbequistão.

Serão ainda transmitidas óperas da Metropolitan Opera de Nova Iorque, que nesta temporada incluem concertos de: Medeia de Cherubini; La Traviata de G. Verdi; The Hours de Kevin Puts; Fedora de Umberto Giordano; Lohengrin de Richard Wagner; O Cavaleiro da Rosa de Richard Strauss; Falstaff de Giuseppe Verdi; Champion de Terence Blanchard, A Flauta Mágica e Don Giovanni de Mozart.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG