Globo dispensa veteranos das novelas. A atriz Vera Fischer é a terceira numa semana

A emissora brasileira confirma os despedimentos e fala em "iniciativas para preparar a empresa para os desafios futuros".

"Espelho da Vida", onde dava vida à personagem Gertrudes Trindade desde 2018, terá sido a última telenovela que a atriz brasileira Vera Fischer gravou para a Globo. Depois de 43 anos ao serviço da estação de televisão, a veterana de 68 anos deixou o canal. É o terceiro despedimento de artistas com muitos anos de casa na cadeia televisiva que acontece esta semana, segundo a Folha de São Paulo.

Antes de Vera Fischer, José de Abreu e Miguel Falabella foram dispensados. Em comunicado, a emissora brasileira explica que "tem tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro". "Temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos".

De acordo com o jornal brasileiro, o nome Vera Fischer, uma das mais conhecidas atrizes do país constava em elencos de projetos para os próximos tempos, como "Além da Ilusão" e "Nos Tempos do Imperador", esta última com estreia prevista para breve, uma vez que foi adiada por causa da pandemia de covid-19.

A Globo diz ainda que Fischer "assim como outros talentos têm abertas as portas da empresas para atuar em futuros projetos em nossas múltiplas pataformas".

Vera Fischer foi Miss Brasil em 1969. Estreou-se nas telenovelas da Globo em 1977, com "Espelho Mágico", onde interpretava uma ex-miss Brasil que tentava mudar o rumo da sua carreira. Entre os seus trabalhos mais conhecidos estão participações nas novelas "Mandala" (1987), "Laços de Família" (2000) e a minisérie "Riacho Doce" (1990).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG