Miguel Araújo vai pôr o CCB a cantar 'Os Maridos das Outras'

O músico apresenta as suas 'Crónicas da Cidade Grande' amanhã no CCB, em Lisboa, e a 29 de novembro no Coliseu do Porto.

Por estes dias, já toca na rádio a nova música de António Zambujo, Pica do Sete. O tema, que conta a história de uma rapariga que se apaixonou pelo revisor do elétrico número sete, foi escrito por Miguel Araújo. Também o próximo disco de Carminho, a ser lançado em novembro, tem um tema dele. Chama-se Ventura e não é bem um fado embora na voz de Carminho acabe por parecê-lo. Compor para outros músicos e ouvir as suas músicas interpretadas por eles é um dos grandes prazeres de Miguel Araújo neste momento. "Antes dedicava-me mais à guitarra e era mais músico, agora sou muito mais autor. Compor para outros é o que mais gosto agora", explica.

Claro que continua a ter os seus próprios temas, e é isso mesmo que vai cantar nos dois concertos que se avizinham: amanhã, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa (onde terá como convidada Luísa Sobral), e depois no dia 29 de novembro no Coliseu do Porto (onde conta com a presença de Ana Moura, António Zambujo e Inês Viterbo). Os dois espetáculos baseiam-se em Crónicas da Cidade Grande, o disco lançado em maio, e nas canções que Miguel Araújo escreve usando "uma linguagem desempoeirada, com palavras e histórias correntes do dia-a-dia", como é o caso da Balada Astral e de Dona Laura. E com um sentido de humor apurado.

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG