Casa do Padeiro vence "O Melhor Pastel de Nata"

Em segundo lugar ficou a pastelaria Aloma, em Lisboa e em 3.º a pastelaria Patyanne, na Castanheira do Ribatejo.

DN
© Direitos Reservados

A Casa do Padeiro, na Pontinha, venceu a 13ª edição de O Melhor Pastel de Nata. O vencedor foi anunciado esta segunda-feira no 18º Congresso dos Cozinheiros, em Oeiras.

O primeiro lugar foi escolhido entre 12 finalistas, devido "ao equilíbrio entre a massa folhada e o creme que a recheia." Os pastéis de nata são avaliados por um júri de oito especialistas: Alexandra Prado Coelho, Suzana Parreira, Daniel Leitão, Teresa Castro, Catarina Amado, Andreia Moutinho e Isabel Zibaia Rafael, presidido pelo gastrónomo Virgílio Gomes.

"Os membros do júri provam os pastéis de forma cega, sem saberem de que estabelecimento são, de forma a ser uma avaliação completamente isenta", lê-se no comunicado enviado às redações.

Quando questionado quais os planos para o futuro, o proprietário da Casa do Padeiro, Bruno Francisco afirmou que pretende "manter a qualidade a que já habituámos os nossos clientes habituais e convidar os fãs de pastéis de nata a conhecer a nossa proposta".

Em 2.º lugar ficou a pastelaria Aloma, em Lisboa e em 3.º a pastelaria Patyanne, em Castanheira do Ribatejo.