NASA anuncia hoje "nova e excitante descoberta" sobre a Lua

Os nomes presentes no evento desta segunda-feira - quando será revelada a novidade - sugerem que a descoberta estará relacionada com o programa Artemis, que tem como objetivo pousar a primeira mulher e o próximo homem na Lua em 2024.

Não se sabe qual é a descoberta sobre a Lua, mas é "nova e excitante" e só será revelada nesta segunda-feira, de acordo com o comunicado da NASA.

Nada mais se sabe sobre o evento que está marcado para o dia 26 de outubro às 12h00 (17h00 Portugal) e que poderá ser assistido online através da plataforma de streaming da agência espacial.

Entre os detalhes que a NASA divulgou está o instrumento com o qual esses dados foram reunidos: o Stratospheric Observatory for Infrared Astronomy (SOFIA). É um observatório peculiar, já que na verdade é um avião Boeing 747 modificado, que possui um orifício com um grande telescópio refletor acoplado, o maior a bordo de um veículo aéreo, explica o jornal ABC.

O SOFIA já conseguiu observar oxigénio atómico na atmosfera de Marte pela primeira vez em 40 anos; também foi capaz de estabelecer a primeira deteção de uma ligação molecular no espaço; e os dados que obteve já sustentaram muitos estudos sobre colisões de exoplanetas ou corações de galáxias, incluindo uma visão infravermelha de nossa Via Láctea.

"A mobilidade do observatório permite que os cientistas observem de quase qualquer lugar do mundo e permite estudos de eventos transitórios que muitas vezes ocorrem sobre os oceanos, onde não há telescópios", explica a agência espacial. "Por exemplo, os astrónomos da SOFIA estudaram eventos semelhantes a eclipses de Plutão, a lua de Saturno Titã e o objeto do cinturão de Kuiper MU69."

"A nova descoberta contribui para os esforços da NASA para aprender mais sobre a Lua"" diz a agência.

Na conferência de imprensa desta segunda-feira estarão presentes Naseem Rangwala, do Centro de Investigação Ames da NASA e Cientista do Projeto para a missão SOFIA; Jacob Bleacher, cientista-chefe da Direção de Operações Humanas e Missões de Exploração da NASA; Paul Hertz, diretor da divisão de astrofísica na sede da NASA; e Casey Honniball, um pós-doutorado no Goddard Space Flight Center da NASA.

Essa "lista de convidados" sugere claramente que a descoberta estará relacionada com o programa Artemis, diz o ABC, a missão que tem como objetivo pousar a primeira mulher e o próximo homem na Lua em 2024.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG