Descoberta mutação do VIH na província canadiana de Saskatchewan

Vírus da sida está a atingir especialmente comunidade indígena, mas afeta toda a população

Uma mutação de estirpes do VIH pode levar a um desenvolvimento mais acelerado de doenças relacionadas com a sida, de acordo com um estudo feito na região canadiana de Saskatchewan, que tem das taxas mais altas da doença neste país da América do Norte, revela um estudo publicado na revista científica Aids, também noticiado pelo jornal britânico The Guardian . Embora cerca de 80% dos afetados sejam indígenas, o vírus está a afetar indiscriminadamente a população.

"Alguns médicos de Saskatchewan começaram a relatar casos de pessoas que estavam a ficar mal com o VIH muito rapidamente", diz Zabrina Brumme, a principal autora do estudo publicado na revista Aids e professora na Universidade Simon Fraser, em Vancouver.

Saskatchewan tem das taxas mais elevadas de infetados com VIH da América do Norte. A maioria das pessoas que contraíram esta infeção são indígenas (80%), mas o vírus afeta toda a população.

"Queremos deixar claro que o VIH em Saskatchewan tem um potencial para se disseminar rapidamente por qualquer pessoa", explica Brumme. "Isto não é um problema de saúde de um grupo restrito de pessoas", acrescenta.

No entanto, a propagação pode ser controlada com o tratamento habitual contra o vírus. Uma vez medicado e devidamente acompanhado por um médico, o paciente pode ter uma vida igual a alguém saudável.

Ler mais

Exclusivos

Premium

DN Life

DN Life. «Não se trata o cancro ou as bactérias só com a mente. Eles estão a borrifar-se para o placebo»

O efeito placebo continua a gerar discussão entre a comunidade científica e médica. Um novo estudo sugere que há traços de personalidade mais suscetíveis de reagir com sucesso ao referido efeito. O reumatologista José António Pereira da Silva discorda da necessidade de definir personalidades favoráveis ao placebo e vai mais longe ao afirmar que "não há qualquer hipótese ética de usar o efeito placebo abertamente".