Embaixada britânica discute envelhecimento ativo em Lisboa

O primeiro Fórum Portugal - Reino Unido sobre Envelhecimento Saudável terá lugar esta terça-feira, dia 11 de fevereiro, na Fundação Calouste Gulbenkian. Uma iniciativa com o apoio do Diário de Notícias, como media partner.

Além do vinho do Porto e da velha aliança, Portugal e Reino Unido partilham a evolução demográfica no sentido de um envelhecimento acelerado. Numa década, os mais velhos poderão duplicar e a perspetiva é que sejam cada vez mais a chegar aos cem. Um desafio para sociedades, governos e sistemas de saúde, mas também uma oportunidade de negócio para empresas e mercados.

O envelhecimento saudável e ativo deve ser a prioridade de sociedades com cada vez mais cidadãos mais velhos. O que há a fazer para o promover é o que estará em discussão no Auditório III da Fundação Calouste Gulbenkian na manhã desta terça-feira, dia 11 de fevereiro.

Depois das boas vindas, dadas por Chistopher Sainty, embaixador do Reino Unido em Portugal, a primeira sessão será dedicada aos Grandes Desafios de uma Sociedade em Envelhecimento, moderada pelo professor Pedro Pita Barros, da Nova SBE, com a participação de Asghar Zaidi, do Oxford Institute of Population Ageing, Patrick Bonnet, do UK's National Innovation Centre for Ageing, e Rodrigo Cunha, do novo Instituto Multidisciplinar do Envelhecimento e da Faculdade de Medicina de Coimbra.

Catarina Carvalho, diretora do Diário de Notícias, moderará o primeiro painel de discussão, em que será aborda a questão de como pôr a inovação e a colaboração ao serviço do envelhecimento saudável. A discutir o assunto estarão o professor Paulo Boto, da Escola de Saúde Pública, da Universidade Nova, Nuno Almeida, do UK Care Software Providers Association e Joaquim Cunha, do Health Cluster Portugal.

Na segunda sessão, dedicada à importância de perceber as necessidades e aspirações dos mais velhos para vencer os desafios que uma sociedade envelhecida coloca aos sistemas nacionais de saúde, estarão dois especialistas na matéria: Julie Taylor, para falar do Plano de Ação do Reino Unido para o Envelhecimento Saudável, e um representante do governo português para falar da Estratégia Nacional para o Envelhecimento Saudável 2017-2025. A moderação ficará a cargo de Céu Mateus, professora de Economia da Saúde na Universidade de Lancaster.

O painel de discussão que se segue será sobre como tornar a inovação realidade para um envelhecimento saudável e ativo, com a apresentação de casos de estudo. Com moderação de Julie Taylor, José Paulo Carvalho, fundador e COO da HopeCare e Nuno Almeida, fundador e CEO da Nourish Care Systems.

A sessão de encerramento ficará a cargo de Andy Briggs, do UK Longevity Council.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG