Bob e Doug: os dois astronautas no comando da Crew Dragon

Robert L. Behnken e Douglas G. Hurley são os dois astronautas da NASA que comandam a nave espacial Crew Dragon. A sua viagem está prestes a começar.

Bob e Doug. É assim que todos os tratam. "Fiz questão que todos na SpaceX conhecessem Bob e Doug como astronautas, como pilotos de teste, mas também como pais e maridos", disse recentemente Gwynne Shotwell, presidente da empresa que construiu a nave espacial Crew Dragon, que vai colocar os dois homens em órbita. "Queria trazer alguma humanidade para esta missão, que é profundamente técnica".

Se tudo correr bem, esta quarta-feira (27 de maio), Bob e Doug, ou seja, Robert L. Behnken e Douglas G. Hurley, estarão sentados dentro da cápsula Crew Dragon, que será lançada pelo foguetão Falcon 9, em direção à Estação Espacial Internacional (EEI). Será a primeira viagem ao espaço a partir de solo americano desde 2011, quando o programa Space Shuttle da NASA foi descontinuado.

Os olhos do mundo estão postos nestes dois homens.

Behnken e Hurley são colegas e amigos há cerca de duas décadas. E isso é obviamente uma vantagem desta missão: "Uma das coisas que é de facto útil para nós como equipa é o longo relacionamento que Doug e eu temos", disse Behnken este mês, numa das conferências de imprensa em que participou. "Estamos naquele momento da nossa relação em que, além de terminarmos as frases um do outro, podemos quase prever, pela linguagem corporal, qual é a opinião da pessoa que está ao nosso lado ou o que ela fará, qual será sua próxima ação."

O bom relacionamento e o bom humor entre os astronautas ficou claro num vídeo criado pela NASA. Behnken disse que estava ansioso pela queda na água no final da missão. E depois acrescentou, com um sorriso: "Espero que haja um pouco de vómito nesse momento final. Quando atingirmos essa oportunidade de fazer isso juntos na água, é uma coisa estranha de se dizer, mas estou ansioso por esse tipo de comemoração."

Hurley mostrou-se um pouco mais sério e concordou que era uma sorte poder trabalhar com o seu melhor amigo. "E sim", disse ele, "o vómito comemorativo no final da missão será excelente".

Os dois astronautas têm percursos bastante semelhantes, tendo entrado para a NASA em 2000, Behnken vindo da Força Aérea dos Estados Unidos e Hurley dos Marines. Cada um deles voou para o espaço duas vezes em missões de vaivéns espaciais, embora nunca o tenham feito juntos.

Robert L. Behnken

Natural de Saint Ann, Missouri, Behnken tem 49 anos. Formou-se em física (1988) e engenharia mecânica (em 1992) na Universidade de Washington, em St. Louis, e depois fez ainda o mestrado em engenharia mecânica (1993) e um doutoramento na mesma área (1997) no Instituto de Tecnologia da Califórnia,

Depois disso, Behnken foi para a Escola de Pilotos de Teste da Força Aérea na Base de Edwards, na Califórnia, ao mesmo tempo que trabalhava no Corpo de Treino de Oficiais da Reserva da Força Aérea como engenheiro de testes. Nesse período fez mais de 1 500 horas de voo, acumulando experiência em mais de 25 tipos diferentes de aviões.

Behnken foi selecionado para a equipa de astronautas da NASA em 2000, onde, após o a formação, trabalhou como chefe das operações da estação espacial no Centro Espacial Kennedy. Em 2008, fez sua primeira viagem ao espaço no vaivém espacial Endeavour, como parte da missão STS-123 para a Estação Espacial Internacional. E voou novamente no Endeavour numa outra missão em 2010.

Casado com a astronauta Megan MacArthur, uma oceanógrafa que fez parte da missão do vaivém espacial que fez uma última viagem em 2009 para reparar e atualizar o Telescópio Espacial Hubble, Robert L. Behnken tem um filho de seis anos, Theodore.

Douglas C. Hurley

Hurley, de 53 anos, cresceu em Apalachin, Nova Yorque. Formou-se em Engenharia Civil na Universidade de Tulane (1988). Nesse ano, cumpriu uma comissão como segundo tenente no Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA antes de seguir para a Escola de Treino de Voo na Virgínia.

Em 1991, Hurley serviu em três locais no Pacífico Ocidental e, em 1997, foi escolhido para frequentar a Escola de Pilotos de Teste Navais dos Estados Unidos, em Maryland. Foi selecionado para o corpo de astronautas da NASA em 2000, onde trabalhou na equipa de apoio aos astronautas para as missões de transporte STS-107 e STS-121.

Em 2009, foi ao espaço pela primeira vez no Endeavor. E em 2011 voou na missão final do vaivém espacial.

Hurley é casado com a astronauta da NASA Karen Nyberg, que passou quase seis meses na Estação Espacial Internacional em 2013 e se retirou da NASA no final de março. O seu filho, Jack, tem 10 anos.

Neste momento, Robert L. Behnken e Douglas G. Hurley estão a postos para a viagem. A contagem decrescente será às 16.30, na Flórida (21.30 em Lisboa). A NASA vai transmitir o lançamento em stream, através do seu canal de YouTube, a partir do Kennedy Space Center da agência espacial norte americana, na Flórida, Estados Unidos da América. A emissão começa quatro horas antes do lançamento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG