cocaína

Tráfico de cocaína

Condenado a dez anos de prisão é de novo julgado. Novas provas lançam dúvidas

Cartas rogatórias do Brasil chegaram quando empresário de Vila Franca de Xira já tinha sido acusado, julgado e condenado por receber encomenda de mobiliário com quase 300 quilos de cocaína dissimulados. Cinco anos depois, o julgamento é reaberto em Lisboa por haver "dúvidas sobre a justiça da condenação".