"Venham à janela pedir a bênção": o apelo do padre motard

Desta vez, o Compasso Pascal Motard, que já se tornou tradição entre os fiéis de Sintra, não pode juntar as multidões habituais. Mas o Padre Avelino vai percorrer as ruas e dar a bênção aos que o esperam à janela.

Há 14 anos que centenas de motards se juntam na Páscoa e formam uma imagem improvável. À frente, mão levantada a dar a bênção e crucifixo engalanado na outra, o Padre Avelino a distribuir a mensagem do Cristo Ressuscitado, seguido por uma legião de motards.

Arrancam de Pero Pinheiro e vão ganhando companheiros ao longo da viagem, de Sintra à estrada de Cascais, por onde passa o Compasso Pascal Motard.

Neste ano, a covid não permite ajuntamentos, mas nem a pandemia impede a saída do Padre Avelino para dar a Boa-Nova. "Vamos passar de porta em porta mas sem parar. Pedimos que se ponham à janela a ver passar o Compasso Pascal Motard e a pedir a Bênção de Cristo Ressuscitado", lê-se na mensagem posta a circular entre os milhares de fiéis que o padre motard junta à sua volta. "Será um Compasso simbólico, diminuto e limitado, mas com mais Fé e Esperança do que nunca, nesta hora de medo e incerteza, o Senhor está connosco", escreve, numa mensagem de esperança levada aos cristãos.

No último ano que pôde cumprir a tradição sem restrições, Avelino teve já mais de mil motards a acompanhá-lo. Agora, explica que as condicionantes do momento não permitem mais do que cinco motos no cortejo - "E todos entendemos. Mas não vos esquecemos." E lamentando mas assegurando que é para que o próximo ano seja melhor e este seguro, apela a todos os motards que costumam acompanhá-lo que "venham à janela", "toquem campainhas, sinos, guizos, etc. à passagem do Cristo Ressuscitado".

Acreditando que é muitas vezes fora da igreja que se encontra Cristo, o pároco na Igreja de Pêro Pinheiro partilha o percurso e a mensagem de Páscoa com os fiéis na página de Facebook da paróquia, prevendo arrancar da sua Igreja às 11.30 de amanhã e terminar o Compasso Pascal no mesmo sítio, às 12.45, depois de percorrer toda a área. Sem paragens nem ajuntamentos, mas distribuindo a bênção Pascal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG