Segurança Social foi alvo de um ciberataque

Segurança Social confirma ciberataque. Até ao momento, não foram apurados factos que permitam concluir "ter havido acesso indevido a dados de cidadãos ou de empresas."

A Segurança Social foi alvo de um ciberataque, avançou esta segunda-feira a TVI/CNN Portugal. Mais tarde, a Segurança Social confirmou o ataque informático em comunicado. A informação consta de um email enviado pelo Instituto de Informática aos funcionários da Segurança Social, no qual é referido que, até ao momento, não foram apurados factos que permitam concluir "ter havido acesso indevido a dados de cidadãos ou de empresas."

No email a que o canal de notícias teve acesso não é referido a data em que ocorreu o ciberataque, mas a TVI/CNN Portugal indica ser recente. Confirma-se, sim, no email, uma "intrusão intencional e maliciosa na sua rede informática",

Pede-se a "compreensão" dos funcionários da Segurança Social e que "cumpram todas as ações de proteção que sejam solicitadas".

É referido que "está em curso a investigação forense deste incidente" e que, até ao momento, "não se apurou qualquer facto que permita concluir ter havido acesso indevido a dados de cidadãos ou de empresas".

É ainda dado conta que "o Instituto de Informática, I.P desencadeou de imediato as medidas e procedimentos adequados para este tipo de incidentes, e está a desenvolver todos os esforços, em estreita colaboração com o Centro Nacional de Cibersegurança, Polícia Judiciária e especialistas em cibersegurança, para garantir a segurança do sistema e dos respetivos dados".

"A evolução desta situação será atualizada sempre que as circunstâncias assim o exijam", referiu a Segurança Social em comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG