Prémio Tágides recebe 359 candidaturas

Os 100 finalistas serão divulgados à imprensa no final do próximo mês de outubro, com a entrega do prémio ao vencedor de cada uma das cinco categorias marcada para 9 de dezembro, o Dia Internacional contra a Corrupção.

O Museu Nacional de Arte Antiga acolheu hoje o encontro de apresentação dos presidentes de júri das categorias do Prémio Tágides 2021: Pessoas que nos inspiram no combate à corrupção, onde foram debatidas as formas de organização da votação e o método de análise de candidaturas para as equipas dos jurados.

Na sua 1ª edição, o Prémio Tágides conseguiu mobilizar mais de 350 cidadãos portugueses a nomear pessoas e projetos que os inspirem na promoção de uma cultura nacional de integridade, tendo sido hoje fixada a seguinte distribuição do número de nomeações por categoria:

- "Projeto de Investigação´ - 24 nomeações;

- ´Projeto da Sociedade Civil´ - 35 nomeações;

- "Iniciativa Empresarial"- 14 nomeações;

- ´Iniciativa Jovem´- 12 nomeações;

- ´Iniciativa Política´- 34 nomeações.

Os 100 finalistas do Prémio Tágides serão divulgados à imprensa no final do próximo mês de outubro, com a entrega do prémio ao vencedor de cada uma das cinco categorias marcada para 9 de dezembro, o Dia Internacional contra a Corrupção.

"Acredito que, ao longos dos próximos anos, o Prémio Tágides criado pela All4Integrity continue a aprofundar a mobilização e participação coletiva da sociedade civil portuguesa, lançando uma onda de contágio e inspiração em torno de referências positivas e de boas práticas na promoção de uma cultura de integridade no nosso país", afirma André Corrêa d'Almeida, fundador da All4Integrity.

A All4Integrity anunciou que a partir de novembro terão lugar diversas talks online sobre a Integridade, moderadas pelo presidente do júri da respetiva categoria do concurso, nas quais participarão diferentes personalidades dos demais quadrantes da sociedade, tendo por objetivo contribuir para um debate público sobre a temática da integridade.

O Prémio Tágides tem o Alto Patrocínio do Presidência da República e pretende inspirar os portugueses e portuguesas para agirem e unirem esforços no combate à principal causa do atraso no desenvolvimento e da prevalência de desigualdade económica e social em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG