PJ detém em Gaia suspeito de agressões fatais ao sogro

Corte de luz propositado na casa do agressor apontado como principal causa pela PJ.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve em Vila de Gaia um homem indiciado por agredir o sogro até à morte, num quadro de persistentes quezílias familiares, revela hoje um comunicado policial.

Segundo a PJ, o suspeito, de 52 anos, agrediu o sogro com pedras e com uma faca, "acabando a vítima por falecer no local", em crime consumado na quarta-feira e num terreno pertencente à família em Serzedo, Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto.

A agressão que se revelou fatal consumou-se "no contexto de um mau relacionamento" familiar, "que já durava há vários anos", e a causa próxima, revela a polícia, "foi o facto de o sogro, durante a manhã, lhe ter desligado a corrente elétrica propositadamente e, entretanto, se ter ausentado do local".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG