Sociedade
17 maio 2023 às 22h14

"Mais do que criar ruídos alarmistas é preciso fixar obstetras no SNS e criar políticas de natalidade"

É médico ginecologista-obstetra, professor catedrático de Ética Médica na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, ex-presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida e, em plena polémica na área da Ginecologia-Obstetrícia, entre DGS e Ordem dos Médicos, volta a alertar que o importante são medidas e políticas que não fracassem, porque o país tem de aumentar a natalidade. Quanto ao resto, "com diálogo e boa vontade tudo é possível. Em última análise, a decisão cabe ao ministro."