Caça ao homem. "Houve um ou outro episódio" de descoordenação entre polícias

Diretor-adjunto da Judiciária desvaloriza descoordenação na investigação a Pedro Dias, em fuga há duas semanas

A Polícia Judiciária admite que Pedro Dias, o homem procurado por duplo homicídio em Aguiar de Beira, já se tenha deslocado para outra região do país, mas tem como mais provável que o suspeito, em fuga há duas semanas, ainda esteja em Portugal, embora tal não possa ser assegurado com certeza absoluta. Esta ideia foi transmitida, hoje na RTP, por Pedro do Carmo, diretor-nacional adjunto da PJ, responsável que rejeitou ter havido descoordenação entre as polícias, apesar de "haver um outro episódio que possa ter ocorrido" e que a seu tempo serão avaliados.

A divulgação da foto do suspeito logo no dia do crime foi um dos primeiros indícios de descoordenação, o que é agora desvalorizado. "Não é possível dizer que prejudica ou beneficia. Torna a fuga uma realidade mais intensa - o fugitivo passa a saber que as autoridades sabem quem ele é. Simultaneamente podem ser reportados avistamentos e ajudar as buscas", justificou.

O número dois da PJ salientou que "situações como esta são complexas, difíceis e dinâmicas" para as polícias. Garantiu que PJ e GNR têm mantido, desde o início, contactos a todos os níveis, "desde os homens no terreno, às chefias intermédias até às instâncias mais altas." Sobre a reunião promovida por Helena Fazenda, secretária-geral do Sistema de Segurança Interna, foi normal e que até já se realizou uma nova reunião com os responsáveis da PJ e GNR, com a presença ainda do procurador distrital do Porto.

Pedro do Carmo falou sempre em cenários prováveis quando se referiu às casas no distrito de Vila Real e a um jipe furtado há dois dias. "Não há certezas que o suspeito tenha sido o autor do furto, nem que tenha estado nas casas. Mas é um cenário possível." Para o responsável, a área das buscas é muito grande, o que gera dificuldades, mas mostrou-se convicto que "mais cedo ou mais tarde" Pedro Dias será capturado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG