Hóspedes encontram corpo em decomposição em casa alugada no Airbnb

A descoberta macabra foi feita por um grupo de amigos que alugou habitação para passar fim de semana em Palaiseau, perto de Paris

Um grupo de amigos que alugou casa no site de alojamento Airbnb em Palaiseau, a 17 km de Paris, descobriu um corpo de uma mulher em decomposição no jardim da habitação que alugaram. Fonte policial, citada pela agência noticiosa France Press, confirmou que o corpo foi encontrado no jardim da casa, que tem ligação a um bosque.

A mesma fonte confirmou que o corpo da mulher foi encontrado "curvado sob uma área escavada, com a cabeça contra o chão, coberto de galhos e cercado por troncos de madeira". A mulher estava vestida, mas estava sem sapatos e usava um anel com uma grande pedra" no dedo. Junto ao corpo não existia nenhuma identificação.

O estado de decomposição do corpo não permitiu identificar as causas da morte, aguardando-se os resultados da autópsia.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.