Homem detido por violência doméstica no concelho da Covilhã

O detido foi presente a primeiro interrogatório, onde lhe foi aplicada, entre outras, a medida de coação de apresentações semanais no posto policial da área de residência

Um homem de 33 anos foi detido, no concelho da Covilhã, por violência doméstica contra a namorada, a quem ameaçava de morte e agredia com murros e pontapés, anunciou esta segunda-feira (20 de dezembro​​​​​) a GNR.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial da GNR de Castelo Branco explica que a detenção foi realizada através do Posto Territorial de Tortosendo, na sexta-feira.

"No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia reiteradamente violência física, psicológica e sexual, sobre a vítima, sua namorada de 37 anos, através de agressões, ameaças de morte, bem como ofensas verbais e sexuais", é referido.

Segundo a informação, "o suspeito manteve uma relação durante cerca de três anos com a vítima, sendo que ultimamente, os seus comportamentos violentos sofreram um escalar, devido ao consumo abusivo de álcool".

"Foi possível apurar-se ainda que o agressor revelou um comportamento possessivo e controlador contra a vítima, agredindo-a através de murros e pontapés e injuriando-a, levando-a a temer pela própria vida", acrescenta.

O detido foi presente a primeiro interrogatório, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de apresentações semanais no posto policial da área de residência, obrigatoriedade de frequência de programa para agressores em violência doméstica e de programa de recuperação de dependência de álcool, bem como proibição de contactos e aproximação da vítima, na sua residência e no local de trabalho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG