Homem detido por sequestrar e manter sogro em "condições desumanas" em Matosinhos

Ao mantê-lo sequestrado em casa, o detido passou a controlar a conta bancária do sogro e a sua pensão de reforma, indicou a GNR.

Um homem de 28 anos foi detido em Matosinhos, no distrito do Porto, por sequestrar o sogro de 71, mantendo-o fechado à chave no quarto da sua residência em "condições desumanas", adiantou esta terça-feira a GNR.

Em comunicado, esta força policial explicou que, após uma denúncia, os militares apuraram que o suspeito mantinha o sogro fechado à chave num quarto da sua residência, privado da sua liberdade, sem poder aceder aos restantes compartimentos e sem condições de higiene.

Ao mantê-lo sequestrado em casa, o detido passou a controlar a conta bancária do sogro e a sua pensão de reforma, indicou a GNR.

A vítima, que não era vista pelos vizinhos há mais de um mês, foi levado para o hospital para observações e avaliação médica, acrescentou.

A GNR ressalvou que o detido foi detido em flagrante delito e no decorrer da busca domiciliária.

O detido foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos na segunda-feira, tendo ficado proibido de contactar a vítima por qualquer meio e de se aproximar dos locais que ele frequenta, assim como as testemunhas do processo, num raio de 500 metros.

A ação policial contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) do Porto e com o apoio do Delegado de Saúde de Matosinhos e dos Bombeiros Voluntários de Matosinhos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG