"Esperamos receber todos os turistas britânicos a partir de 17 de maio", diz secretária de Estado

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, referiu em entrevista à rádio BBC que os cidadãos britânicos vão ter de apresentar um certificado de vacinação válido ou um resultado negativo de um teste à covid-19 para entrarem no país.

O Governo espera receber a partir de 17 de maio turistas britânicos, que têm de apresentar um certificado de vacinação ou um resultado negativo à covid-19 para entrar no país.

Quem o diz é a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, em entrevista à rádio BBC, citada pela Reuters.

"Esperamos receber todos os turistas britânicos a partir de 17 de maio", afirmou esta quinta-feira a governante.

Rita Marques referiu que os cidadãos britânicos podem apresentar um certificado de vacinação válido ou um resultado negativo de um teste de despiste à doença, um processo que caracterizou como sendo "muito direto e simples".

A secretária de Estado defendeu que o Reino Unido deveria integrar o livre-trânsito digital da União Europeia para a retoma das viagens. Um documento que comprova a vacinação, testagem ou recuperação da covid-19 e que a UE pretende colocar em prática até junho.

De referir que a partir desta sexta-feira a Inglaterra vai tirar Portugal da lista vermelha de restrições nas viagens aéreas, passando a ser permitidos voos diretos entre os dois países.

A decisão foi tomada "na sequência de indícios de que se reduziu o risco de importação de uma variante preocupante destes destinos", explicou, em comunicado, o Ministério dos Transportes britânico, salientando que "Portugal adotou medidas para mitigar o risco das suas ligações com países onde as variantes se tornaram uma preocupação e agora tem vigilância genómica em vigor".

Todavia, as ligações aéreas não deverão ser retomadas imediatamente, já que o Governo português prolongou até 31 de março a suspensão dos voos, comerciais ou privados, com origem ou destino no Reino Unido e Brasil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG