Gustavo Tato Borges: "Desprezo todos os que subjugaram e continuam a subjugar as pessoas para seu benefício"

O famoso questionário Proust respondido pelo presidente da ANMSP - Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Gustavo Tato Borges

A sua virtude preferida?
A positividade.

A qualidade que mais aprecia num homem?
A honestidade.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?
A honestidade.

O que aprecia mais nos seus amigos?
A sua alegria e o facto de estarem sempre lá quando é preciso.

O seu principal defeito?
A preguiça.

A sua ocupação preferida?
Jogar futebol.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?
Envelhecer ao lado da minha mulher, enquanto vejo as minhas filhas crescer.

Um desgosto?
As oportunidades perdidas.

O que é que gostaria de ser?
Recordado com saudade e carinho.

Em que país gostaria de viver?
Portugal, mas não escondo alguma curiosidade por viver no Canadá ou na Nova Zelândia.

A cor preferida?
Azul (e branco).

A flor de que gosta?
A rosa.

O pássaro que prefere?
O pássaro livre que canta na natureza.

O autor preferido em prosa?
Agustina Bessa-Luís, sem esquecer o meu irmão, Gu Pelicano.

Poetas preferidos?
São João da Cruz e Fernando Pessoa.

O seu herói da ficção?
Luke Skywalker.

Heroínas favoritas na ficção?
Jessica Fletcher.

Os heróis da vida real?
Os profissionais de saúde.

As heroínas históricas?
Anne Frank, Rainha Isabel II, do Reino Unido, e Marie Curie.

Os pintores preferidos?
Michelangelo e Van Gogh.

Compositores preferidos?
Paganini e John Williams.

Os seus nomes preferidos?
Catarina e Margarida.

O que detesta acima de tudo?
A mentira.

A personagem histórica que mais despreza?
Todos aqueles que subjugaram e continuam a subjugar as pessoas para seu benefício.

O feito militar que mais admira?
Não sou fã de guerras...

O dom da natureza que gostaria de ter?
Nenhum.

Como gostaria de morrer?
Em paz, rodeado pela família.

Estado de espírito atual?
Cansado, mas com esperança num futuro com mais saúde.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?
Os inocentes.

A sua divisa?
Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG