17 março 2016 às 11h55

Associação Fertilidade quer clarificação da lei sobre gestantes de substituição

Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida defendeu que só as mulheres que já tiveram pelo menos um filho podem ser gestantes de substituição

/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa
/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa