Parlamento congratula-se por condenação dos colonatos israelitas

A Assembleia da República condenou ainda a "intenção declarada" de Israel não respeitar a resolução da ONU

A Assembleia da República aprovou hoje um voto apresentado pelo PCP de congratulação pela condenação feita pelas Nações Unidas aos colonatos israelitas no território da Palestina.

O voto foi aprovado com o voto contra do deputado CDS-PP João Rebelo, a abstenção do PSD, do CDS-PP e do deputado do PS João Soares, e os votos favoráveis de PS, BE, PCP, PEV e PAN.

Através deste voto, o parlamento português "congratula-se com a adoção da resolução 2334 (2016) do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que condena a construção e expansão de colonatos israelitas no território da Palestina".

A Assembleia da República condena ainda a "intenção declarada pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, de que o Estado de Israel não respeitará esta resolução" e "reafirma a posição do Estado Português favorável à solução de dois Estados, com a criação do Estado da Palestina livre e independente, dentro das fronteiras de 1967 e com capital em Jerusalém Oriental".

O voto reafirma ainda "a exigência do cumprimento das resoluções relevantes das Nações Unidas quanto ao fim da ilegal ocupação da Palestina por parte de Israel e ao respeito dos legítimos direitos do povo palestiniano".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG