Associação quer fim da mensagem de natal do Cardeal Patriarca de Lisboa na TV

O Cardeal Patriarca de Lisboa, Manuel Clemente

A mensagem foi emitida "em horário nobre pelo canal principal da RTP" e sem qualquer "tratamento jornalístico", critica ainda a Associação República e Laicidade

A Associação República e Laicidade defendeu esta terça-feira o fim da transmissão televisiva da mensagem de natal do Cardeal Patriarca de Lisboa, referindo que já existe um espaço específico na televisão pública para as várias comunidades religiosas.

"A Associação República e Laicidade considera que, existindo já um espaço específico para as várias comunidades religiosas (na RTP 2), a difusão anual das mensagens do cardeal patriarca da igreja católica fora desse espaço e num formato semelhante ao de um tempo de antena constitui um privilégio incompatível com a laicidade do serviço público e que deve, portanto, terminar", refere a associação em comunicado.

O documento salienta que a mensagem foi emitida "em horário nobre pelo canal principal da RTP" e sem qualquer "tratamento jornalístico".

"Refira-se ainda que esta mensagem dirigida genericamente aos portugueses não se coibiu este ano de ser politicamente polémica, ao tomar partido contra o direito à morte assistida", acrescenta.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub