Medina lamenta mas compreende "muito bem" decisão de Sérgio Figueiredo

Sérgio Figueiredo anunciou a decisão de renunciar ao cargo de consultor do ministro das Finanças. Medina lamenta não poder contar com o seu "valioso contributo".

O ministro das Finanças, Fernando Medina, lamentou "profundamente" esta quarta-feira, a decisão de Sérgio Figueiredo de não prestar os serviços de consultoria, mas disse compreender "muito bem" as razões que motivaram a decisão do antigo antigo diretor de informação da TVI e ex-administrador da Fundação EDP.

"Considero que a melhoria da qualidade da decisão através do contacto regular e informado com os principais agentes económicos e sociais do país é uma necessidade específica do Ministério das Finanças, que acrescenta às avaliações já desenvolvidas por outros organismos públicos", diz Fernando Medina num comunicado enviado às redações.

"Sérgio Figueiredo reúne excelentes condições para desempenhar tais funções", defende. "A sua formação em Economia; a experiência de quase três décadas como jornalista e diretor de diversos órgãos de comunicação social, incluindo dois jornais económicos - tendo-se afirmado nessa qualidade como um dos mais destacados analistas nacionais de política económica; e a liderança de cerca de sete anos e meio de uma fundação nacional conferem-lhe experiência e qualificações que o distinguem", justifica.

"Lamento pois não poder contar com o valioso contributo de Sérgio Figueiredo ao serviço do interesse público, remata Medina.

Sérgio Figueiredo renunciou ao cargo de consultor do ministro das Finanças, anunciou esta quarta-feira o ex-antigo diretor de informação da TVI num texto publicado no Jornal de Negócios.

"Para mim chega! Sou a partir deste momento o ex-futuro consultor do ministro das Finanças. Sossego as almas mais sobressaltadas de que não cheguei a receber um cêntimo, sequer formalizei o contrato que desde a semana passada esperava pela minha assinatura", pode ler-se num texto assinado por Sérgio Figueiredo na edição 'online' do jornal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG