Filho de Shakira e Gerard Piqué aprende a falar sete línguas

Milan, o primogénito da cantora, estuda num colégio de elite em Barcelona. Só come refeições biológicas e faz meditação.

Uma piscina coberta e outra exterior, três laboratórios, um teatro, uma sala apetrechada com as últimas tecnologias, um ginásio e professores selecionados para ensinarem sete línguas diferentes. Estas são características do colégio La Miranda, em Barcelona, onde estuda o filho mais velho de Shakira e Gerard Piqué. Mas a característica que mais chama a atenção é o facto de nesta escola as crianças aprenderem a ser poliglotas ao mesmo tempo que aprendem a andar. "Qualquer criança pode aprender uma língua antes dos três anos. Ensinamos Milan [de dois] a falar espanhol, catalão, inglês, francês, alemão, russo e chinês", escreveu Shakira no seu Twitter, para logo acrescentar que ela e o marido costumam falar línguas diferentes em casa, pelo que é normal que ambos os filhos - o mais novo, Sasha, nasceu em fevereiro de 2015 - se habituem e tenham facilidade em comunicar em idiomas diferentes.

La Miranda é um colégio de prestígio e fica muito perto da casa em que moram Shakira e Piqué com os dois filhos. Para que Milan possa estudar nesta escola, a cantora paga 600 euros mensais. Um valor que até nem parece muito alto, tendo em conta que neste colégio, por exemplo, as crianças aprendem a matéria através do uso de tablets e outras tecnologias digitais. O colégio catalão - que também alberga um conservatório - foi dos primeiros, em Espanha, a seguir a teoria das Inteligências Múltiplas, que apostam no multilinguismo. Nesta escola, alunos como Milan aprendem ainda a fazer meditação, praticam exercício físico (como natação) e só comem alimentos biológicos - o colégio tem uma cozinha autónoma. Aliás, a cantina não está aberta apenas aos alunos: as famílias podem também juntar-se às refeições, se assim o desejarem.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG