Vítima de homicídio em Elvas atingida a tiro quando seguia em viatura

A vítima do homicídio ocorrido na noite de Natal em Elvas, distrito de Portalegre, foi atingida por um dos vários disparos efetuados contra a viatura em que seguia com mais dois homens, segundo fontes policiais.

O homem assassinado esta noite em Elvas seguia num carro com dois outros quando vários tiros foram disparados contra o veículo. A vítima terá entre 55 e 60 anos, segundo fonte da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública.

O alerta foi dado por volta das 00:00 de hoje. As mesmas fontes policiais avançaram à Lusa que os tiros, pelo menos três, e disparados de trás, terão sido provenientes de pistola ou revólver, desconhecendo-se, por enquanto, quem terá sido responsável.

As autoridades policiais não procederem a qualquer detenção até ao final da manhã de hoje.

A investigação do homicídio está a cargo da Polícia Judiciária, que se encontrava hoje de manhã na zona a proceder a averiguações.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre disse à Lusa não ter registo da ocorrência, por não terem sido mobilizados os bombeiros de Elvas.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.