Incêndios: Três concelhos em Portalegre e dois em Santarém em risco máximo

Três concelhos do distrito de Portalegre e dois do de Santarém apresentam este sábado um risco máximo de incêndio e outros 15 concelhos um risco muito elevado, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco muito elevado de incêndio estão 15 concelhos dos distritos de Castelo Branco (6), Faro (3), Portalegre (2), Santarém (2), Guarda (1) e Loulé (1).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no sotavento algarvio e durante a manhã no litoral oeste.

A previsão aponta também para vento por vezes forte no litoral oeste a sul do Cabo Carvoeiro.

O IPMA prevê ainda uma pequena subida da temperatura mínima.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 13 graus Celsius (em Braga) e os 20 (em Faro) e as máximas entre os 22 (em Aveiro) e os 37 (em Beja e Évora).

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?