Hospitais de Lisboa fecham urgências para grávidas no verão

Maternidade Alfredo da Costa, Hospital de Santa Maria, São Francisco Xavier e Amadora-Sintra vão fazer encerramentos rotativos durante os meses de verão

Quatro grandes hospitais de Lisboa vão encerrar as urgências dos serviços de obstetrícia, em sistema rotativo, durante os meses de verão. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo jornal Público , que adianta que esta foi a proposta feita pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo numa reunião, na manhã de ontem, com os diretores de obstetrícia da Maternidade Alfredo da Costa, Hospital de Santa Maria, Hospital de São Francisco Xavier e Hospital Amadora-Sintra.

A proposta, que não é ainda definitiva, visa minorar os efeitos da falta de obstetras e anestesistas, comum aos quatro hospitais, e que vai agravar-se com as férias de verão. O objetivo é que as urgências de obstetrícia fechem à vez, reencaminhando as utentes para os outros três hospitais, num esquema que deverá vigorar durante a última semana de julho e os meses de agosto e setembro.

Mas, de acordo com o mesmo jornal, a solução poderá não ser a definitiva, dado que falta considerar ainda os serviços de anestesia, também em défice nos vários hospitais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG