Serviços secretos iraquianos detiveram um dos mais importantes líderes do Estado Islâmico

Os serviços secretos do Iraque detiveram Abdelnaser Qardash, que foi apontado como possível sucessor do antigo líder do grupo 'jihadista' Abu Bakr al Baghdadi, que morreu em 2019

Uma fonte da segurança iraquiana citada pela agência INA afirmou que os serviços secretos conseguiram prender Qardash, "candidato" a ser o "califa" do Estado Islâmico, depois da morte de Al Baghdadi em outubro de 2019.

A agência de notícias estatal acrescentou que Qardash preside atualmente a um comité de "grupos terroristas do EI", que atuou nas fileiras extremistas há muito tempo e foi militante da Al Qaeda sob o comando de Abu Mosab al Zarqaui.

Qardash também participou na batalha de Al Baguz em março de 2019, quando o EI perdeu o último reduto na Síria e o projeto de um "califado" que se estendia desde o Iraque foi enterrado.

A INA e a televisão estatal Al Iraquiya consideraram Qardash como um possível sucessor de Al Baghdadi, embora após a morte deste o EI tenha anunciado a nomeação de Abu Ibrahim Al Qurashi como o novo "emir dos crentes e califa dos 'jihadistas'".

No entanto, Al Qurashi nunca apareceu numa gravação de voz ou vídeo transmitida através dos meios de propaganda do EI, como Al Bagdadi tinha feito anteriormente em algumas ocasiões.

A aparência e localização de Al Qurashi permaneceram em segredo até agora e os serviços secretos ocidentais têm dúvidas sobre a autenticidade do seu nome, uma vez que não corresponde com a de nenhum comandante conhecido de Al Baghdadi.

Abdullah Qardash é um dos nomes atribuídos ao novo líder do EI no Iraque, onde o grupo extremista intensificou as suas operações nas últimas semanas, coincidindo com o mês sagrado muçulmano do Ramadão.

As forças de segurança e serviços secretos iraquianos tinham informações há semanas sobre a presença do líder no Iraque e estavam a rastrear a sua localização, segundo indicaram à Efe no início de maio fontes do Comando de Operações Conjuntas das Forças Iraquianas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG