Sergio Moro procura Xixi, Maria do Pó, João Cabeludo e mais 23 criminosos

Ministro da Justiça e da Segurança Pública lança lista dos mais perigosos criminosos à solta no Brasil com base em 11 critérios e a partir de informações cruzadas com polícias estaduais. Quem souber do paradeiro de algum, deve telefonar a avisar.

Sabe onde anda Xixi, acusado de tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro? E João Cabeludo, que praticou crimes contra o património, além de tráfico de drogas e de lavagem de dinheiro? E Carcará, Fuminho, Baxinho, Jovem, Patrão, Colorido? Se sim, avise Sergio Moro, o ministro da Justiça e da Segurança Pública do governo de Jair Bolsonaro, que ontem divulgou a lista dos 25 homens mais procurados do Brasil. E o nome da única mulher da relação, a traficante Maria do Pó.

Deve fazê-lo ligando para o número especial para o efeito - o 190, no Brasil - para a polícia efetuar a detenção. A testemunha jamais deve tentar executar a detenção, avisa o ministério, dada a alta periculosidade dos envolvidos.

No site do ministério a lista, que será atualizada mensalmente, está disponível.

Segundo o ministro, a lista resulta de um esforço cruzado entre as polícias federais e estaduais, tendo em conta onze critérios objetivos, como posição de liderança numa organização criminosa, capacidade financeira para investir em atividades criminosas, atuação interestadual e internacional, entre outras. Diz ainda Moro que todas as informações são importantes para facilitar as prisões.

O país registou, segundo dados do ministério liderado pelo ex-juiz da Operação Lava Jato, queda de 21,4% nos homicídios nos primeiros nove meses de 2019, em comparação com o igual período de 2018. No mesmo período, também houve queda em outros índices de criminalidade, como ocorrências envolvendo violação (6,4%), roubo a bancos (38,4%), latrocínio (22,2%), roubo de cargas (23,3%) e roubo de veículos (26,4%).

É nesse contexto de endurecimento da ação policial, cavalo de batalha do governo de Bolsonaro e do ministério de Moro, que se enquadra a tal lista de procurados, recolhida com base nos "nomes de guerra" dos criminosos.

Eis os 26 nomes e respetivas atividades criminosas:

Zequinha - Crimes contra o património, organização criminosa e lavagem de dinheiro

Carcará - Crimes contra o património, organização criminosa e lavagem de dinheiro

Patrão - Crimes contra o património (especialmente aviões de transporte de valores) e tráfico de drogas

Davi Marques - Crimes contra o património (sobretudo aviões de transporte de valores)

Serginho Boy - Crimes contra o património

Nego Charia - Crimes de extorsão mediante sequestro, geralmente a gerentes de bancos, e organização criminosa

O Jovem - Crimes contra o património, organização criminosa e lavagem de dinheiro

O Baixinho - Crimes contra o património (roubo de cargas), organização criminosa e lavagem de dinheiro

Marcão - Crimes contra o património (roubo de cargas), organização criminosa e lavagem de dinheiro

Zezinho - Crimes contra a vida

Juanil Miranda - Crimes contra a vida

Pingo - Crimes contra a vida, contrabando, organização criminosa e lavagem de dinheiro

Fuminho - Crimes de tráfico de drogas, contra o património (de instituições financeiras e de grandes empresas de logística) e de financiamento para fuga de líderes de organizações criminosas

Caipira - Crimes de tráfico de drogas, contra o património (de instituições financeiras e de grandes empresas de logística) e de financiamento para fuga de líderes de organizações criminosas

Leozinho - Crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Maria do Pó - Crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

João Cabeludo - Crimes contra o património, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Tião - Crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e tráfico de armas

Xixi - Crimes de tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro

Colorido - Crimes de tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro

Joselito - Crimes contra o património, lavagem de dinheiro e organização criminosa

Arnon - Crimes contra o património e organização criminosa

Fábio - Crimes contra o património e organização criminosa

Charles - Crimes contra o património e organização criminosa

Ecko - Milícia

Tandera - Milícia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG