Observatório sírio denuncia morte de 116 civis executados pelo Estado Islâmico

Mais de 100 civis foram acusados de colaborar com tropas do presidente Assad e executados por isso

O grupo extremista Estado Islâmico executou pelo menos 116 civis numa cidade no centro da Síria antes do avanço militar das forças governamentais disse esta segunda-feira o Observatório Sírio dos Direitos do Homem.

"Durante os 20 dias em que controlou al-Qaryatayne, o Estado Islâmico executou 116 civis que foram acusados de colaboração com as tropas do presidente sírio Bashar al-Assad", disse à AFP Rami Adbel Rhamane, diretor da organização não-governamental com sede em Londres.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG