"O meu filho chegou, finalmente": Vietname recebe corpos encontrados em camião no Reino Unido

Primeiros 16 corpos de vietnamitas encontrados mortos em camião no Reino Unido chegaram esta manhã ao Vietname.

Os primeiros 16 corpos dos 39 vietnamitas encontrados a 23 de outubro no interior de um camião no Reino Unido chegaram esta quarta-feira ao Vietname para serem devolvidos às famílias. Os corpos chegaram ao aeroporto de Noi Boi, em Hanoi, de onde, segundo o jornal digital VNExpress, iram ser transportados, em 16 ambulâncias, para as províncias de Nghe An, Ha Tinh e Quang Binh.

Espera-se que mais corpos cheguem nas próximas horas ou dias, embora os horários ainda não tenham sido confirmados pelas autoridades vietnamitas, que estão a tratar do assunto com a máxima discrição. Um parente de uma das vítimas disse à agência espanhola Efe que a polícia só anunciou a chegada dos corpos com 30 minutos de antecedência e pediu às famílias que permanecessem nas suas casas até então.

"Depois de esperar durante tantos dias, o meu filho chegou, finalmente", desabafou Nguyen Dinh Gia, pai de uma das vítimas, citado pela Reuters. "Estamos profundamente tristes mas temos que controlar as nossas emoções para organizar o funeral do meu filho."

Apesar de as famílias terem sido encorajadas a optar pela cremação e a receber apenas as cinzas, para tornar o processo mais rápido, mais barato e com maior segurança sanitária, a maioria das famílias preferiu receber o corpo para poder realizar um enterro tradicional.

O custo do repatriamento ficou a cargo das famílias, às quais o Governo vietnamita concedeu empréstimos a serem pagos em 30 dias no valor de 1 370 libras (1 598 euros) para repatriar as cinzas e 2 208 libras (2 575 euros) para repatriar os corpos em caixões.

Até agora, a Polícia Britânica deteve sete pessoas ligadas com este caso, enquanto as autoridades vietnamitas detiveram 11 pessoas nas províncias de Nghe An e Ha Tinh. No Reino Unido, o motorista do camião frigorífico, um norte-irlandês de 25 anos, foi acusado de homicídio involuntário, branqueamento de capitais e conspiração para promover a imigração ilegal.

Os corpos de 39 migrantes - 31 homens e oito mulheres - foram encontrados mortos num camião refrigerado numa área industrial em Grays, na região de Essex, cerca de 30 quilómetros a leste de Londres. A descoberta do camião, em 23 de outubro, provocou indignação em todo o mundo e expôs as rotas de migração clandestina altamente organizadas entre o Vietname e a Europa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG