Milão impede circulação de automóveis aos domingos e pondera proibir fumo ao ar livre

Cidade italiana impõe restrições a carros entre as 10h00 e as 18h00 aos domingos e discute se avança para a proibição de fumar nas paragens de transportes públicos.

Capital económica da Itália, Milão regista um alto nível de poluição do ar. Por isso, a partir do próximo domingo a cidade industrial do Norte decidiu proibir a circulação de automóveis e está a pensar impedir o fumo de tabaco ao ar livre, mais especificamente nas paragens de transportes públicos.

No domingo, os automóveis vão parar de circular das 10h00 às 18h00 locais, ainda que algumas ruas permaneçam abertas ao tráfego para permitir o acesso ao estádio de San Siro, onde o Milan jogará com o Verona.

A medida é considerada polémica. O autarca de Milão, Beppe Sala (Partido Democrático), reconheceu que a iniciativa não vai solucionar o problema da poluição, já que considera que "a solução é uma proposta a longo prazo".

Para o presidente da Câmara, o problema da poluição tem piorado com o recurso crescente a veículos motorizados e a sistemas de aquecimento. Pediu aos habitantes para usarem carros mais favoráveis à natureza, além de colaborarem para que o ar se torne mais limpo.

Sala também propôs a proibição de fumar nas paragens de transportes públicos, um assunto considerado controverso. A proposta, que tem como objetivo a completa proibição de fumar ao ar livre na cidade até 2030, será votada pela câmara municipal em março.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG