Merkel anuncia plano de 130 mil ME para relançar economia alemã

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quarta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia da covid-19.

Entre as medidas anunciadas estão, além da redução temporária do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e das transferências de dívidas dos municípios para o Governo federal, um subsídio de 300 euros por criança para as famílias e a duplicação do prémio para a compra de um veículo elétrico, para apoiar o setor automóvel.

Os líderes da União Democrata-Cristã (CDU), de Merkel, da União Social-Cristã (CSU) e do Partido Social Democrata (SPD) chegaram a acordo sobre os termos do plano após dois dias de reuniões, tendo os seus pormenores sido explicados pela chanceler, acompanhada do ministro das Finanças, Olaf Scholz.

O plano anunciado junta-se aos 156 mil milhões de euros de um pacote aprovado em março passado, no início da pandemia, e o seu alcance é superior ao que foi avançado nos últimos dias, quando se estimou um volume máximo de 100 mil milhões de euros.

A redução do IVA - de 19% para 16% na taxa normal e de 7% para 5% na taxa reduzida -- vai vigorar entre de 01 de julho e 31 de dezembro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG