Kate e William em voo turbulento com duas aterragens canceladas

Uma viagem que deveria ter demorado 25 minutos prolongou-se por mais de duas horas.

O voo da companhia The Royal Air Force onde seguiam os duques de Cambrigde, William e Kate, foi apanhado no meio de uma tempestade e forçado a regressar ao aeroporto de Lahore. Devido ao mau tempo, o avião foi impedido de pousar em Islamabad, capital do Paquistão, para onde o casal se dirigia, no âmbito da visita oficial ao país.

Segundo a Sky News, houve duas tentativas de pousar na Base Aérea Real do Paquistão e num aeroporto comercial, mas ambas falharam.

O avião acabou por ficar a sobrevoar a região durante mais de duas horas, no meio da trovoada, quando a viagem devia ter demorado cerca de 25 minutos.

De acordo com um passageiro, citado pela Sky News, a viagem parecia uma "montanha-russa", no meio de uma "tempestade bastante séria".

O casal real chegou a Islamabad na segunda-feira à noite. A mãe de William, a princesa Diana, visitou o Paquistão na década de 90 para participar numa angariação de fundos de um hospital de tratamento de cancro construído por Khan.

A princesa morreu num acidente de carro em 1997 e muitos paquistaneses ainda a lembram pelo seu trabalho de caridade.

Os voos da British Airways no Paquistão foram cancelados há mais de uma década, após o bombardeamento de uma carrinha num hotel ter feito dezenas de mortos. Nos últimos anos o país tem sido palco de vários atos de terrorismo, ainda que a segurança tenha melhorado recentemente.

Em comunicado, a família real britânica afirma que o objetivo da visita é melhorar a relação entre os dois países e perceber como é que o Paquistão tem lidado com problemas relacionados com a crise climática.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG