Tempestade provoca nevão raro em Las Vegas

As fortes tempestades de fevereiro provocaram quedas raras de neve no sudoeste dos Estados Unidos, cobrindo a icónica Las Vegas Strip.

Havai, Açores e agora Las Vegas: o roteiro de férias na neve parece alargar-se aos locais mais inesperados. As fortes tempestades de fevereiro provocaram quedas raras de neve no sudoeste dos Estados Unidos, cobrindo a icónica Las Vegas Strip - a longa avenida de casinos e hotéis da cidade - com uma fina camada de neve, como algumas zonas de Los Angeles.

No Nevada, a pouca neve não atrapalhou a vontade de brincar com os flocos e, de acordo com o jornal britânico The Guardian, houve mesmo quem fizesse um boneco de neve junto ao letreiro que dá as boas-vindas aos visitantes da cidade, "Welcome to Las Vegas".

Nos arredores, a neve caiu com mais intensidade polvilhando de branco ruas e casas, depois da queda de vários centímetros de neve, o que levou ao encerramento de muitas estradas.

O Serviço Nacional de Meteorologia relatou o primeiro nevão significativo no aeroporto internacional de McCarran, em Las Vegas, no espaço de uma década, com queda de 8 cm na quinta-feira à tarde.

O fenómeno é tão raro que chegou a atrapalhar a informação da agência de notícias Associated Press. A agência noticiou inicialmente que esta queda de neve era "o primeiro evento deste tipo desde que a manutenção de registos começou em 1937". Mas os meteorologistas recordaram que em 2008 também houve um fenómeno idêntico.

Segundo o técnico de meteorologia Chris Outler, o que se viu agora até é menos do que os 9,1 centímetros registados no referido aeroporto em 17 de dezembro de 2008.

O problema é que, por pouca que seja, a neve causou dificuldades no aeroporto. "Não temos limpa-neves", disse a porta-voz da infraestrutura, Christine Crews, contabilizando cerca de 100 cancelamentos de voos por causa da neve e gelo. "Mas temos veículos de manutenção e varredores prontos para ir."