Professora de 26 anos presa por dar droga e ter sexo com adolescente

Além das relações sexuais, Stephanie Peterson dava drogas ao rapaz. O facto de lhe levar fast food e passar muito tempo com o rapaz acabou por levantar suspeitas

Uma professora de 26 anos foi presa por manter uma relação de cariz sexual com um aluno de 14 anos, do qual já foi professora noutro ano letivo. Stephanie Peterson, a mulher em causa, lecionava na New Smyrna Beach Middle School, na Florida, EUA.

Segundo o gabine do Xerife do Condado de Volusia, a professora, que acabou por renunciar ao cargo na referida escola, foi acusada não só por ter relações sexuais com o rapaz, mas também por "transmissão de materiais perigosos a um menor". Isto porque lhe dava canábis.

De acordo com as autoridades, a relação entre os dois deverá ter começado em novembro. Stephanie Peterson passava na casa do jovem por volta das 23:00 e só o trazia por volta das 1:00/2:00, dizendo-lhe que não podia contar nada a ninguém. As notas do rapaz acabaram por cair durante o período da relação. Além disso, o rapaz também contou às autoridades que a mulher lhe enviava várias fotografias dela nua. Aliás, as autoridades foram capazes de identificar Peterson precisamente porque a sua cara estava à mostra nas imagens, explica o Washington Post.

A polícia descobriu tudo na passada terça-feira, depois de o rapaz ter contado aos pais. O jornal norte-americano explica também que um dos pais do rapaz recebeu uma chamada de um professor a perguntar se podia ser mentor do rapaz. Ao achar a chamada estranha, perguntou ao rapaz, em tom de brincadeira, se o professor o ia molestar. "Qualquer pessoa de pode molestar", disse o adolescente, que começou imediatamente a chorar.

De acordo com os documentos da acusação, os pais do rapaz suspeitaram imediatamente de Stephanie Peterson, porque o rapaz visitava a sala de aula da mulher todos os dias e esta oferecia-lhe fast food várias vezes.

O jovem contou ainda que os dois tiveram sexo várias vezes, não só na casa da professora, como no carro e também num celeiro na casa do adolescente.

Conta o Washingon Post também que a relação deverá ter começado após trocas de mensagens nas redes sociais. Peterson está detida, depois de ser detida na passada quarta-feira, e a fiança ficou em 25 mil dólares (aproximadamente 20,5 mil euros).

Exclusivos