Político paquistanês faz transmissão em direto com filtro de gato

O episódio ocorreu devido a um "erro humano". Durante a transmissão, três pessoas apareceram com orelhas e bigodes de gato.

Um político paquistanês deu uma conferência de imprensa transmitida em direto no Facebook com o filtro de gato ativado por engano. De acordo com o The Telegraph , terá sido um membro da equipa de Shaukat Yousafzai, ministro regional, a ativar por engano o filtro, que lhe deu bigodes e orelhas de gato durante a transmissão.

A conferência de imprensa que ocorreu na sexta-feira, dia 14, tornou-se viral devido ao momento cómico protagonizado pelo governante.

Quando os internautas se aperceberam que as orelhas de gato e os bigodes surgiam na cabeça e cara do ministro e dos funcionários que se encontravam ao seu lado, começaram a surgir os comentários.

Há "um gato no gabinete", escreveu no Twitter o jornalista Mansoor Ali Khan.

O vídeo, que foi visto por um repórter da AFP, foi removido alguns minutos após a conferência de imprensa transmitida em direto na página de Facebook do partido Pakistan Tehreek-e-Insaf (PTI), que está no poder na província de Khyber Pakhtunkhwa.

Contactado pela AFP, Shaukat Yousafzai confirmou que o episódio ocorreu por acidente. "O filtro de gato foi ligado por engano", afirmou o governante, sublinhando que não se pode levar "tudo tão a sério".

"Eu não era o único - dois oficiais sentados ao meu lado também foram atingidos pelo filtro de gato", referiu.

Segundo o Telegraph, o vídeo continuou a ser transmitido, mesmo depois de os utilizadores terem começado a fazer comentários sobre o filtro.

Em comunicado de imprensa, o partido disse que o acidente ocorreu por "erro humano" e garantiu que "todas as ações necessárias foram tomadas para evitar estes incidentes no futuro".

Exclusivos