Navio afundado na 2ª Guerra Mundial foi encontrado

O SS Iron Crown, um navio de carga que foi torpedeado pelos japoneses em 1942, foi localizado a 700 metros de profundidade.

Os destroços de um navio australiano afundado há 77 anos por um submarino japonês, em plena Segunda Guerra Mundial, foram agora encontrados. Arqueólogos marinhos localizaram o SS Iron Crown, um navio de carga que foi torpedeado em 1942, a 700 metros de profundidade. "Um acontecimento de importância nacional", destacam os especialistas.

O SS Iron Crown transportava minério de ferro para a Nova Gales do Sul quando foi atingido por um torpedo japonês no estreito de Bass, ao largo do Estado de Vitória. Bastou apenas um minuto para que se afundasse no Índico, arrastando consigo 38 pessoas. Apenas cinco tripulantes foram resgatados com vida.

Os investigadores recorreram a sonares para localizar o navio de cerca de cem metros, que foi encontrado na vertical e "relativamente intacto". "Está num bom estado de conservação", informa um dos arqueólogos que participou na descoberta, embora Peter Harvey tenha "quase a certeza que a popa do navio, onde foi atingido pelo torpedo, deva estar destruída".

Para o especialista, que faz parte da agência encarregue da preservação do património histórico de Vitória, "encontrar o local onde repousam os destroços do navio vai trazer tranquilidade aos familiares daqueles que ali morreram".

A esmagadora maioria dos tripulantes do SS Iron Crown morreu depois de o navio ter sido atingido pelo torpedo japonês. As vítimas ficaram presas dentro do barco ou foram sugadas para o fundo depois do rápido afundamento. O último dos cinco sobreviventes do ataque, Peter Harvey, morreu em 2012 e recordava esse dia de 1942 como "um dos mais tristes" da sua vida.

Entre junho de 1942 e junho de 1943, 13 submarinos da marinha japonesa operaram nas águas da costa este da Austrália, sendo responsáveis por 22 afundamentos de navios aliados. Ataques dos quais resultaram cerca de 200 mortos.

Exclusivos