Jornalista da BBC e mãe despede-se: "Disseram-me que só tenho alguns dias de vida"

Há dois anos que Rachael Bland, de 40 anos, luta contra um cancro da mama e a mensagem que deixou nas redes sociais está a comover milhares de pessoas. A jornalista anunciou que lhe restam poucos dias de vida. "É muito surreal. Adeus, meus amigos", escreveu

Com 40 anos anos, casada e mãe de um menino de três, Rachael Bland luta há dois anos contra um cancro da mama. Esta semana anunciou ao mundo que lhe restam poucos dias de vida. A mensagem que a jornalista da BBC escreveu, na segunda-feira, nas redes sociais está a sensibilizar milhares de pessoas, comovidas com a história desta mulher.

"Nas palavras do lendário Frank Sinatra: receio que o meu tempo chegou, meus amigos. E de repente. Disseram-me que só tenho alguns dias [de vida]. É muito surreal. Muito obrigada por todo o apoio que recebi ao longo do caminho", escreveu a jornalista que nos últimos tempos tinha um podcast transmitido na BBC Radio.

Depois destas palavras, Rachael Bland recebeu milhares de outras a expressar solidariedade. Nos comentários nas redes sociais, as mensagens de apoio e força à jornalista britânica não param de chegar. Uma história de luta que a repórter tem dado a conhecer através do seu blogue Big C. Little Me. Putting the Can in Cancer.

Também através do podcast da BBC, "You, Me & The Big C", com Deborah James, que luta contra um cancro do intestino, e Lauren Mahon, uma sobrevivente do cancro da mama, Bland fala da doença e da batalha que iniciou quando, em novembro de 2016, recebeu o diagnóstico. Na segunda-feira, despediu-se com um "adeus, meus amigos" e informou que o podcast iria continuar.

Este verão, disseram-lhe que o cancro era incurável e ao The Telegraph Bland estimou que teria menos de um ano de vida. "O meu marido, Steve, e eu ficamos arrasados, mas estamos quase atordoados por receber más notícias", afirmou ao jornal sobre o momento em que lhe disseram que era incurável.

Na impossibilidade de acompanhar o crescimento do filho, a jornalista contou que está numa corrida contra o tempo para terminar as suas memórias para que estas possam acompanhar a vida de Freddie, de três anos, mesmo que ela já não esteja presente.

"Eu tenho cinco capítulos e não cheguei ao momento em que estava grávida dele", referiu na entrevista ao The Sun , no passado mês de julho.

"O último capítulo será uma mensagem final para Freddie, o que será difícil. Eu quero que ele saiba que ele pode ser e fazer o que quiser e eu ficarei orgulhosa dele", afirmou Rachael Bland.

Ler mais

Exclusivos