'Chef' francês que perdeu terceira estrela Michelin está em depressão

Marc Veyrat acusa o famoso guia de "profunda incompetência".

Um chefe de cozinha francês cujo restaurante perdeu umas das três estrelas Michelin em janeiro anunciou hoje que se retirou do guia, acusando-o de "profunda incompetência".

Numa carta, Marc Veyrat escreveu que tem estado em depressão devido à retirada da terceira estrela Michelin do seu restaurante 'La Maison des Bois' (Manigod, oeste de França), considerando que existe uma "profunda incompetência" num dos mais famosos guias gastronómicos do mundo.

O 'chef' Marc Veyrat chega mesmo a duvidar da presença dos inspetores do guia Michelin no seu restaurante, tendo em conta algumas das questões apontadas para a retirada da estrela, exigindo que mostrem a fatura para provarem que estiveram no seu estabelecimento.

"Não é porque o chefe Veyrat não viu os nossos inspetores que eles não jantavam à sua mesa, os inspetores do guia Michelin visitam as mesas em todo o mundo anonimamente, como qualquer outro cliente ", disse Gwendal Poullennec, diretora internacional do guia.

A responsável acrescentou que o restaurante não será retirado do guia e que o local continuará a ser visitado pelos inspetores para avaliarem o estabelecimento.

Exclusivos