Brexit. Tusk apela aos líderes europeus para apoiarem extensão prolongada

Presidente do Conselho Europeu abre a porta a um longo adiamento do Brexit, mas primeiro os deputados britânicos têm de aprovar esta tarde o pedido de extensão.

Horas antes do voto no Parlamento britânico sobre o pedido de extensão do Artigo 50.º - na prática, o adiamento do Brexit - o presidente do Conselho Europeu pronunciou-se no Twitter a favor de uma extensão prolongada.

"Durante as minhas consultas que precedem o Conselho Europeu vou apelar à UE 27 para que seja aberta uma extensão longa se o Reino Unido considerar necessário repensar a sua estratégia sobre o Brexit e a construção de um consenso à sua volta", escreveu o líder polaco.

Esta declaração vai no sentido de tornar a hipótese de uma extensão prolongada uma realidade e de ir ao encontro do que a primeira-ministra britânica Theresa May declarou ontem. "A Câmara tem de compreender e aceitar que, se não estiver disposta a apoiar um acordo nos próximos dias, e como não está disposta a apoiar a saída sem um acordo em 29 de março, então está a sugerir que terá de haver uma extensão muito maior do artigo 50.º", disse. "Uma tal extensão exigiria, sem dúvida, que o Reino Unido realizasse eleições para o Parlamento Europeu em maio de 2019", algo que May comentou como algo a evitar. " Mas a Câmara tem de enfrentar as consequências das decisões que tomou", concluiu.

Caso o Parlamento aprove o adiamento do Brexit, o governo tem de fazer esse pedido formalmente durante o Conselho Europeu de 21 de março. Para que a extensão seja aprovada - seja por uns dias, seja por meses - o Reino Unido tem de apresentar uma "justificação credível" e de receber a unanimidade dos restantes 27 Estados-membros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.