Afetuoso e não indecoroso. Biden debaixo de fogo por comportamento com mulheres

Numa altura em que Joe Biden lidera as sondagens do campo democrata, uma companheira de partido conta como se sentiu abusada pelo comportamento do então vice-presidente. Biden não pede desculpa, mas diz que vai ouvir as mulheres.

O ex-vice-presidente Joe Biden respondeu às alegações de que teria agido de forma imprópria quando beijou a nuca de uma política democrata do Nevada num evento de campanha em 2014, dizendo que seu comportamento foi afetuoso, mas nunca indecoroso.

"Em muitos anos de campanha e de vida pública, tenho oferecido inúmeros apertos de mão, abraços, expressões de afeto, apoio e conforto. E nem uma vez - nunca - acreditei que agi de forma inapropriada. Se for sugerido que o fiz, vou ouvir atentamente. Mas nunca foi a minha intenção", lê-se no comunicado que o seu porta-voz partilhou.

Biden disse ainda que é altura de os homens ouvirem as mulheres e que vai ser o maior defensor dos direitos das mulheres.

Esta declaração é a resposta às alegações de Lucy Flores, que no momento do incidente concorria ao cargo de vice-governadora. Agora publicou um texto sobre o assunto na revista New York Magazine, e depois deu várias entrevistas.

Flores reiterou que decidiu avançar apesar da inevitável reação dos apoiantes de Biden a candidato democrata às eleições de 2020, porque "esse tipo de comportamento tem de ser levado a sério". O vice de Barack Obama, apesar de não ter anunciado a candidatura, lidera as sondagens.

Lucy Flores contou que o incidente ocorreu quando, em 2014, Biden concordou em ir falar num dos últimos eventos da campanha. Enquanto ela se preparava para subir ao palco, Flores diz que ficou nervosa ao sentir Biden aproximar-se por trás e colocar ambas as mãos nos ombros.

"Senti-o aproximar-se de mim por trás. Inclinou-se e cheirou o meu cabelo. Fiquei mortificada", escreveu Flores. Por fim, o vice-presidente beijou-a na nuca.

"Uma grande parte da razão pela qual estou a falar agora é porque ele tem uma história disso; esta não é uma questão desconhecida. Tem havido histórias, há fotos, há vídeos", relatos em que Biden parece ter invadido o espaço pessoal das mulheres durante muitos anos, disse ela.

"Se ele olhar para tudo isso e ainda disser para si mesmo, 'Eu não acredito que eu estava agindo impropriamente', eu acho que há uma desconexão muito grave e falta de empatia pelo que as mulheres do lado afetado estão a sentir", acrescentou Flores.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.