Escola autoriza funcionários a andarem armados

Objetivo é proteger os alunos contra ataques com armas de fogo dentro do recinto escolar

Uma escola na Califórnia, EUA, votou para que os professores e outros trabalhadores possam andar armados no recinto. O objetivo é proteger os alunos em caso de um ataque com armas de fogo.

A escolha de quem terá as armas será da responsabilidade do superintendente e a identidade dos eleitos será mantida em segredo. "Dada a situação [a expectativa] é que se proteja os funcionários e os alunos", salientou o superintendente, Randy Morris, citado pela Fox News.

A secundária de Kingsburg tem cerca de 1200 alunos e serão cinco os professores ou outros trabalhadores da escola que terão as armas.

Exclusivos