Cidade ridicularizada por John Oliver vai batizar estação de esgotos em seu nome

Assembleia municipal de Danbury, no Connecticut, aprovou a proposta com 18 votos a favor e um contra. Humorista e apresentador do "Last Week Tonight with John Oliver" da HBO quer estar na inauguração.

A cidade de Danbury, no Connecticut, vingou-se dos ataques do comediante John Oliver durante o seu programa na HBO ao batizar a estação de esgotos em seu nome. O que começou como uma brincadeira do presidente da câmara local, tornou-se verdade depois e o próprio Oliver desafiar o político republicano a ir em frente com os seus planos, prometendo doar dinheiro a várias associações de caridade da cidade.

"Yep.. é oficial que a estação de esgotos de Danbury é agora a estação de esgotos memorial John Oliver. É a tua vez de jogar John. Bam", escreveu o presidente da câmara, o republicano Mark Boughton, no Facebook. A proposta terá sido aprovada com 18 votos a favor e um contra, com várias empresas locais a prometer uma série de serviços a Oliver se ele for à inauguração do novo letreiro -- incluindo a oferta de ficar no quarto para lua-de-mel no hotel Holiday Inn da cidade.

Oliver ofereceu-se para comprar o novo letreiro e para estar presente na inauguração, segundo Boughton, que não apresentou um calendário para o evento.

Piada transformou-se num desafio

Tudo começou na emissão de 16 de agosto do programa Last Week Tonight with John Oliver. Quando falava sobre os julgamentos com júri, para os quais os norte-americanos podem ser chamados, e o facto de haver disparidades raciais na escolha dos jurados, Oliver contou que duas cidades do Connecticut estiveram durante anos sem chamar ninguém porque tinham preenchido mal as informações. Cidades que representavam uma grande população afro-americana e latina do estado (a partir dos 5.45 no vídeo).

Depois disse que se era para se esquecerem de alguém, mais valia esquecerem-se de Danbury, com o seu "encantador museu ferroviário" e o seu "histórico Castelo de Hearthstone". E continuou no seu estilo muito próprio e cheio de asneiras: "Sei precisamente três coisas de Danbury: o USA Today disse que era a segunda melhor cidade para viver em 2015, já foi o centro da indústria de chapéus dos EUA e se és de lá, estás convidado para levar uma abada do John Oliver -- crianças incluídas", seguido de um "fuck you".

O presidente da câmara respondeu a 22 de agosto num vídeo no Facebook, dizendo que havia um quarto ponto de interesse na cidade que tinha escapada a Oliver: a estação de esgotos. E que iria batizá-la em sua homenagem: "Porquê? Porque está cheia de porcaria como tu, John."

Oliver, a 31 de agosto, voltou a falar de Danbury, dizendo que eles responderam de forma magnífica -- não só o presidente da câmara -- e mostrou-se desiludido quando este disse que estava só a brincar e que não iria dar o nome do humorista à estação de esgotos. "Eu não sabia que queria o meu nome na vossa fábrica de m****, mas agora que falaste nisso, é tudo o que eu quero", respondeu o apresentador, desafiando Boughton a ir em frente com o plano.

Em troca, prometeu doar 55 mil dólares a associações de caridade -- 25 mil dólares ao banco alimentar local, 20 mil a pedidos de professores numa plataforma de recolha de fundos e outros cinco à associação de esclerose lateral amiotrófica. E para não serem gastos fundos públicos na tabuleta, disse que a pagaria também. E deu uma semana a Boughton para responder.

O que ele fez noutro vídeo no Facebook, publicado a 6 de setembro, pondo as suas próprias condições: que Oliver estivesse na cidade para "cortar a fita". E criticando o facto de alguém nos 1% (dos mais ricos) só doar 55 mil dólares, mas aceitando, dizendo que se ele recusar então pelo menos já batizou uma casa de banho portátil em seu nome.

Oliver começou já a cumprir, tendo doado dinheiro para os professores de Danbury e para projetos como a compra de revistas em espanhol para os alunos ou melhor iluminação.

Entretanto, o presidente da câmara continua a aproveitar a iniciativa, tendo angariado mais dinheiro com visitas à estação de esgotos e unindo a comunidade em torno do projeto.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG