Media Lab DN promove a criação de primeiras páginas no Lycée Français Charles Lepierre

Na última segunda-feira, dia 16 de novembro, os estudantes do 8º ano do Lycée Français Charles Lepierre receberam o Media Lab DN para um dia de aprendizagens sobre literacia mediática e produção de conteúdo jornalístico.

As sessões tiveram início com uma formação teórica, abordando a importância de se estar informado, os perigos da desinformação e do clickbait, tal como alguns cuidados que devem ser tomados ao lermos um artigo online.

De seguida, os alunos tornaram-se "jornalistas por um dia" e puderam criar as suas próprias primeiras páginas de jornal. Em grupos de dois a três elementos, os estudantes colaboraram na produção de textos para os diferentes formatos da primeira página - manchete, destaque fotográfico e chamadas.

Os jovens procuraram diversificar as editorias abordadas, destacando notícias como a derrota de Portugal contra a Sérvia para o apuramento do Mundial de 2022 (Desporto), o número de diabéticos não diagnosticados em Portugal (Sociedade) e o encontro entre os líderes políticos Joe Biden e Xi Jinping (Política Internacional).

Após finalizarem os trabalhos, os alunos contaram à equipa do Media Lab DN sobre o que aprenderam durante o workshop e como foi para eles a experiência de construir uma primeira página.

Diferenciar uma coluna de opinião de uma notícia, foi uma das aprendizagens mencionadas pelo aluno Henrique V. que acrescentou: "uma pessoa pode dar a sua opinião, o que não torna isso um facto, por isso podemos ir-nos informar ao jornal".

O Matias P. destacou o desafio de reescrever as notícias: "Tínhamos de dizer com as nossas próprias palavras, não podíamos só copiar". E, para grande parte da turma, tal como para o João P., o limite de carateres foi o maior desafio da atividade: "estava com uma frase na cabeça e era muito maior do que o número de carateres que podia usar, por isso tinha de a reescrever toda", admitiu.

A capacidade de sintetização trabalhada durante a atividade foi um dos pontos-chave para a Professora Àgnes Lacroix, que acompanhou as duas sessões. Para a docente, "o facto de praticar, de escrever, de ver que [os estudantes] são capazes de realizar o conteúdo da primeira página (...) constrói uma relação [dos alunos] com a escrita diferente".

O projeto Media Lab DN na Escola e na Comunidade procura capacitar os jovens para uma maior literacia mediática, para a importância do espírito crítico, fundamental no combate à desinformação na era digital, e do papel do jornalismo na defesa da democracia e construção de uma sociedade mais preparada para escolhas bem informadas. Saiba como participar no site do projeto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG