Os títulos do DN desta sexta-feira

Veja a primeira página do jornal, nas bancas de manhã.

Manuel Alegre arrasa Costa sobre a vacinação. "Estado tem de proteger as pessoas, não a si próprio", afirma o histórico dirigente socialista.

Indignado com a inclusão de mil titulares de órgãos de soberania na lista de prioritários para vacinar, à frente de doentes e idosos, Alegre considera: "Foi-se do 0 ao 80". E recomenda que o governo oiça os especialistas.

No mesmo dia, Marcelo já antecipa que restrições se prolonguem pelo menos "até fim de março".

As viagens ao estrangeiro estão proibidas e vai ser possível contratar médicos lá fora. À porta dos hospitais, autocaravanas dão apoio a quem passa horas nas urgências.

Ainda por causa da covid-19, o ensino foi proibido e só volta no dia 8 com aulas à distância.

Destaque ainda nesta primeira página para a entrevista a Gonçalo Saraiva Matias, diretor de estudos da Fundação Francisco Manuel dos Santos: "Pobreza é estrutural também porque o elevador social não funciona"

Outros títulos:

- Crise no CDS-PP. Lobo d'Ávila sai do partido que já "não risca". "Direção é alvo de guerrilha",
diz Ribeiro e Castro

- FMI. Esforço com a saúde em Portugal é dos mais altos do mundo desenvolvido mas fora do SNS os apoios são fracos

- Nos 100 anos da insulina chega a injeção semanal para controlar a diabetes

- Superbowl. Não é só pela dieta que Tom Brady se mantém em forma e está a caminho do sétimo anel

Nesta edição recebe ainda um poster com as primeiras páginas desta nova era do DN em papel.

E igualmente grátis a revista Evasões, cujo tema de capa é Portugal e o mundo em takeaway.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG