Os títulos do DN desta segunda-feira

Conheça já os títulos do jornal de manhã nas bancas.

Ensino recomeça. Tarifa social da internet só em junho. É esta a manchete do DN desta segunda-feira, dedicada ao reinício das aulas, exclusivamente online, que acontecerão sem que se tenha concretizado uma promessa do governo -- a criação de uma tarifa social de net.

São os encarregados de educação a ter de suportar custos com os computadores e com um preço de acesso à escola online e vão ser precisos mais quatro meses até ser aplicado o novo valor. Saiba ainda quem pode aceder ao apoio excecional à família.

Covid-19. Doentes com cancro devem ser prioritários na vacinação. Organizações médicas oncológicas internacionais defendem que doentes com patologias cancerígenas recebam a vacina. O problema está na escassez de doses disponíveis.

Caso SEF. "Temos um ministro da Administração Interna em funções com a sua autoridade diminuída", diz ao DN o deputado do PSD André Coelho Lima, coordenador para a Segurança. Lamenta ainda que o Partido Socialista se comporte como "o dono do Estado" e considera que a reestruturação do SEF deveria integrar a reforma do Sistema de Segurança Interna, ao qual aponta falhas na coordenação e na ação na pandemia.

Outros títulos:

- Extrema-direita. A ilegalização de partidos. Mais de 50 partidos foram banidos entre 1945 e 2020. A análise de vários constitucionalistas portugueses e as práticas de outros países.

- Trump em apuros. Argumentos e atores do impeachment. Ex-presidente julgado novamente no Senado um ano após ter sido absolvido num primeiro processo e menos de um mês depois de ter deixado a Casa Branca.

- TAP. Há acordo com "todas as estruturas". Frasquilho e Sequeira assinam comunicado interno a agradecer o contributo dos sindicatos para a "sobrevivência da companhia".

- Fisco. Receita de IRS bate recorde no ano da maior recessão da democracia. Finanças explicam com nível de emprego acima do esperado, aumento dos rendimentos e efeito de arrastamento ainda do IRS de 2019.

- Uma mulher à frente da OMC.

- Chinesa Xiaomi desenvolve tecnologia que carrega bateria à distância

- Portugueses do City vencem Liverpool

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG