A primeira página do DN deste domingo

Leia os títulos do jornal que encontra de manhã nas bancas.

As diretas sociais-democratas fazem a manchete do DN deste domingo. Rui Rio vence. É presidente do PSD pela terceira vez.

Reeleito com 52,5% contra 47,5% dos votos dos militantes do PSD, sai reforçado como candidato a primeiro-ministro, nas eleições em janeiro. "É a vitória dos militantes de base", avisou. Rangel, no discurso de derrota, fez um "apelo à unidade" e à "cooperação": "se vamos para legislativas temos de estar unidos".

A foto destaca uma reportagem. "Não apanhei o comboio, foi o comboio que me apanhou a mim". Quem o diz é Joana Reais, que perdeu a perna em 2008, ao ser atropelada pelo Sud-Express. A primeira proposta de acordo da CP veio só em 2021: cinco mil euros. Ela pede dois milhões.

No futebol, o caso B SAD-Benfica. Azuis abandonam jogo por falta de jogadores. Águias somam 3 pontos em noite negra para o futebol.

Outros títulos

António Rebelo de Sousa. "Deve haver investimento público na criação de emprego mesmo que não seja altamente produtivo"

Chega. Congresso reforça poderes de Ventura

Covid-19. Há centenas de polícias que recusam a vacina

Pedro Cabral, neurologista pediátrico "A incapacidade de esquecer é uma maldição"

Consumo. Portugal à frente no crescimento das entregas de comida em casa

Dia do Mediterrâneo. Ministros de 42 países reúnem e querem maior integração regional

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG